DestaqueNotíciasPolícia

Polícia Militar apresenta balanço das atividades em 2019

Em Rondônia teve redução em alguns dos crimes que mais impactam a sociedade, como roubos e furtos, com redução de 10% e 9%.

A Polícia Militar de Porto Velho apresentou na manhã desta quarta-feira (08), pelo comandante Mauro Ronaldo Corrêa o balanço das atividades realizadas pela PM durante o ano de 2019.

As ações implementadas em 2019, tiveram avanço e o estudo revelou que os indicadores criminais tiveram uma redução significativa em relação ao ano de 2018, bem como medidas adotadas que reforçam a segurança em todo Estado.

Durante a coletiva foram apresentados assuntos referentes às operações desencadeadas em Rondônia, Termos Circunstanciados de Ocorrências, Patrulha Maria da Penha, operações ambientais, Proerd e policiamento de fronteira.

Em Rondônia a redução em alguns dos crimes que mais impactam a sociedade, como roubos e furtos, com redução de 10% e 9%, respectivamente, em relação ao ano de 2018. Conforme dados apresentados pela Corporação, em 2018, foram registradas 25.841 ocorrências de roubo, havendo uma redução para 23.285 em 2019.

As ações também refletiram positivamente em veículos recuperados, tendo um aumento de 6,7%, ou seja, em 2018, a Polícia Militar recuperou 2.507 e em 2019 saltou para 2.675, ou seja, veículos que, em sua maioria, seriam levados para a fronteira e serviriam de moedas de troca por drogas na Bolívia.

Para o comandante da PM, em 2020 o policiamento na fronteira será intensificado com mais rigor, principalmente, com a instalação do Batalhão de Polícia de Fronteira e Divisas (BPFron).

Maria da Penha

As medidas adotadas no desenvolvimento da Patrulha Maria da Penha também foram abordadas pelo comandante, enfatizando os resultados positivos nos últimos anos, a exemplo de 2019 quando foram registrados pela Polícia Militar 2.859 atendimentos de medidas protetivas de urgência ativas.

Conforme balanço, em 2018 foram registrados 4.084 ocorrências de violência domésticas e, em 2019, o número foi de 3.596 registros, ou seja, uma redução de 12%.

O comandante falou da determinação do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, em reforçar a segurança em todo Estado e ao mesmo tempo destacou uma série de fatores que estão em desenvolvimento com projeção de garantir a redução nos índices de criminalidade e que contribui para que a Polícia Militar de Rondônia seja uma das melhores do país.

Ao falar do Termo Circunstanciado de Ocorrências (TCO) e tecnologia embarcada (body cam e tablets), o comandante pontuou o aumento de 100% de termos lavrados pela PMRO em 2019, com 4.052 registrados, colocando a corporação na 6ª do país que mais registra TCO.

“Conseguimos nesses últimos anos implantar 100% do Estado à realização do Termo Circunstanciado de Ocorrência com o advento da tecnologia embarcada, com tablets no sistema mobile, facilitando, ainda mais, para que os nossos policiais realizassem a confecção do TCO aplicando em benéfico para o Estado, para a polícia e população”, comentou o coronel.

Com o início da lavradura do TCO pela Polícia Militar em todo Estado, aumentou o tempo de policiamento ostensivo nas ruas, resultando no aumento de atendimentos registrados. Em 2018, por exemplo, a PMRO registou 71.355 atendimentos à população. Em 2019, foram registrados 75.915 atendimentos, resultando um aumento de 6,4%.

Com informações Secom

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios