NotíciasTrânsito

‘Ele viajava com toda a família porque iria fazer aniversário’, diz irmão de caminhoneiro morto na BR-364 em RO

Sérgio de Jesus Pereira faria aniversário na próxima segunda-feira (30). Esposa e uma filha do motorista morreram no acidente; os outros filhos estão internados.

O caminhoneiro Sérgio de Jesus Pereira, de 33 anos, que morreu na colisão com um ônibus na BR-364 no último sábado (28), viajava com a esposa e os três filhos para passar o aniversário dele, na próxima segunda-feira (30), em família. A mulher e uma das crianças morreram no local do acidente. Os outros dois filhos estão internados em hospital de Vilhena (RO).

O irmão do motorista, Reginaldo de Jesus Pereira, disse que o chefe de Sérgio havia liberado o caminhão para que ele levasse a esposa e os filhos no veículo para Goiás para comemorar o aniversário, e que não era comum ele andar com as crianças no veículo.

“Ele viajava com toda a família porque ele iria fazer aniversário nesta segunda-feira e queria estar perto dos filhos”, disse Reginaldo.

O irmão ainda contou que Adriel, de 5 anos, um dos filhos que sobreviveu, ficou em estado de choque. E a outra sobrevivente está internada em situação crítica.

Os corpos do caminhoneiro e da filha serão levados para Tarilânda, distrito de Jaru (RO). A mãe da esposa de Sérgio mora em Humaitá (AM) e está viajando para Vilhena para conseguir a liberação do corpo da jovem.

Colisão entre ônibus e carreta deixa vários feridos e mortos em Rondônia — Foto: Rômulo Azevedo/Arquivo Pessoal

Colisão entre ônibus e carreta deixa vários feridos e mortos em Rondônia — Foto: Rômulo Azevedo/Arquivo Pessoal

Como foi o acidente?

Um ônibus de passageiros da empresa Bruna Turismo, que seguia na BR-364 sentido Porto Velho, a serviço da Transbrasil, colidiu frontalmente com uma carreta na noite do último sábado (28) entre Vilhena (RO) e Pimenta Bueno (RO). Seis pessoas morreram e 26 ficaram feridas, incluindo seis crianças e duas grávidas.

Cerca de 60 pessoas participaram dos trabalhos no hospital para atendimento às vítimas, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e assistentes sociais.

G1 tentou contato com a Transbrasil, mas não teve as ligações atendidas.

Frente de ônibus ficou destruída em colisão com carreta na BR-364 — Foto: Rômulo Azevedo/Arquivo Pessoal

Frente de ônibus ficou destruída em colisão com carreta na BR-364 — Foto: Rômulo Azevedo/Arquivo Pessoal

Quem são os mortos

No ônibus

Luiz Carlos Amaro, 51 anos, motorista e dono da Bruna Turismo

Ademir Valério de Oliveira, 52 anos, motorista reserva do ônibus

Maria Pereira da Costa, 45 anos, passageira do ônibus

No caminhão

Sérgio de Jesus Pereira, 33 anos, motorista

Maely Souza, 20 anos, mulher do motorista

Karen 2 anos, filha do casal

Os sobreviventes

Dois filhos do motorista do caminhão estão internados em Vilhena. Adriel Diniz Pereira, de 5 anos, sofreu uma fratura no fêmur. Aquila Diniz Pereira, de 10 anos, teve uma perfuração no baço e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave. A família aguarda liberação de um leito de UTI nos hospitais de Cacoal ou Porto Velho para transferência da menina.

Algumas vítimas tiveram escoriações e três passaram por cirurgia, mas o hospital ainda não divulgou o estado de saúde de todas elas.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios