DestaqueNotíciasPolícia

Justiça aumenta a pena de agente que tentou matar médico e decreta perda de emprego

PORTO VELHO – RO – Desembargadores integrantes da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Rondônia, acataram recurso do Ministério Público do Estado decidindo aumentar a pena de 5 para 8 anos, um mês e seis dias, do agente penitenciário Oziel Araújo Fernandes que tentou matar o médico infectologista Gladson Siqueira.

O crime ocorreu na manhã do dia 6 de março deste ano, no estacionamento do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), na Capital.

Conforme é de conhecimento público, o  criminoso jogou soda cáustica no rosto do profissional, deixando-o cego dos dois olhos.

Os magistrados  seguiram o entendimento do relator José Antônio Robles, sobre a gravidade do crime.

Consta da denúncia do Parquet que houve tentativa de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.   Na mesma decisão o colegiado decidiu também perda iminente do emprego público.

O criminoso cumprirá a pena em regime inicialmente fechado.

Segundo notícias de bastidores, a vítima teria um caso amoroso com a esposa do agente  e o caso supostamente ocorria nas dependências do SAE e Hospital de Base, em Porto Velho.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios