DestaquePolícia

TRÁGICO: “Curica” morre afogado em lago atrás de sítio após os presídios da capital

O homem era muito conhecido na região

Um sitiante identificado como Francisco Cunha, muito conhecido como “Curica”, 60, morreu afogado em um lago nos fundos da propriedade rural em que morava na Estrada da Penal, após o complexo penitenciário de Porto Velho (RO). O corpo foi encontrado na manhã deste domingo (23).

Familiares e amigos disseram para a polícia que o homem morava sozinho na casa e que estaria possivelmente pescando no momento em que acabou morrendo. ” Ele tinha problemas de epilepsia e acho que ao sofrer um ataque caiu no lago e se afogou”, disse um dos familiares.

A Polícia Militar, Perícia Técnica e rabecão do Instituto Médico Legal estiveram no local. Nenhuma marca de violência foi encontrada no corpo da vítima.

Fonte
Rondoniaovivo