EsportesNotícias

Com gol de Marta, Brasil vence a Itália e avança às oitavas da Copa

Camisa 10 da seleção brasileira marcou seu 17º tento em Mundiais, deixou Klose para trás e se tornou maior artilheira da história da competição

seleção vai para as oitavas de final! O Brasil venceu a Itália por 1 a 0, nesta terça-feira (18), no Stade du Hainaut, em Valenciennes, em jogo válido pela terceira rodada da Copa do Mundo Feminina, e garantiu a classificação à fase final da competição.

Apesar da vitória diante das líderes, a equipe brasileira termina na 3ª colocação do Grupo C, posição que, com os seis pontos do time de Vadão, já garante a vaga na fase seguinte.

No outro jogo do grupo, a Austrália bateu a Jamaica por 4 a 1 em Grenoble, se confirmando nas oitavas.

Com os resultados da chave, Brasil, Itália e Austrália garantem suas vagas na próxima fase.

1º tempo morno

Os 45 minutos iniciais tiveram poucas chances claras de gol para os dois lados.

A Itália levou perigo primeiro, quando aos quatro minutos, Bonansea avançou pela esquerda, levou para o meio e chutou no canto, mas Bárbara se esticou e espalmou.

Aos 16, o Brasil respondeu com Debinha, que recebeu cruzamento pela direita e acertou um lindo chute de letra, obrigando a goleira Giuliani a fazer ótima defesa.

As italianas voltaram a assustar aos 23, quando Cernoia chutou cruzado e a bola passou ao lado da trave. Cinco minutos depois, Girelli recebeu no meio da área, deixou a marcação para trás e estufou as redes, mas a arbitragem marcou impedimento e anulou o impedimento da camisa 10.

Aos 39, Bárbara voltou a trabalhar: sozinha na área, Bonansea recebeu cruzamento e finalizou de primeira, mas a goleira brasileira fez grande defesa. Foi a última chance clara de gol do primeiro tempo.

Na etapa final, Brasil pressiona e marca

Aos seis minutos do segundo tempo, o Brasil teve uma boa chance para marcar. Em falta pela entrada da área, Andressinha chutou colocado e mandou no travessão.

As brasileiras levaram perigo de novo aos dez minutos, quando a bola foi alçada à área da Itália e Kathellen completou de cabeça, mandando ao lado da trave de Giuliani.

Com 19 minutos, a seleção brasileira quase marcou novamente. Bia Zaneratto recebeu cruzamento por baixo e desviou com classe, mas a bola foi para a fora.

Cinco minutos depois, Debinha recebeu ótimo passe de Marta e chutou de primeira, mas Giuliani defendeu com segurança.

Aos 26, o Brasil ganhou pênalti após arrancada de Debinha, que invadiu a área e foi derrubada por Linari. Na cobrança, Marta bateu no canto, deslocou a goleira e abriu o placar.

Aos 39, Bergamaschi recebeu a bola na grande área e finalizou fraco. Após dividida com Monica, a atleta italiana pediu pênalti, mas a árbitra mandou seguir.

Maior artilheira das Copas

Com o gol marcado diante da Itália, Marta se tornou a atleta com mais gols na história das Copas do Mundo — nas categorias masculina e feminina.

Se até a bola rolar em Valenciennes a craque brasileira estava empatada com o alemão Klose, com 16 gols cada, o tento de pênalti isolou a camisa 10 como a maior artilheira dos Mundiais.