DestaqueMeio AmbienteNotícias

Prefeito de Porto Velho decreta Estado de Alerta por conta da alagação e chuvas

Por conta da elevação do nível do rio Madeira, que marcou 15,60 metros na manhã desta terça-feira (23), o perigo aos moradores de áreas alagadas e ainda a proliferação de doenças tropicais, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, decretou Estado de Alerta no Município, segundo publicação no Diário Oficial. Uma sala de situação multisetorial foi criada para fazer o monitoramento das águas e das famílias que podem ser atingidas.

 

O decreto destaca a previsão da continuidade das chuvas para os próximos meses e as consequências da inundação como o risco iminente de ocorrências de surtos de malária, dengue, “chikungunya”, “zika vírus”, leptospirose e gastroenterite por desidratação.

 

De acordo com a Defesa Civil, o alerta é decretado quando o nível do rio atinge 15 metros, que também e chamado de cota de transbordamento.

 

O monitoramento do rio é feito em conjunto com Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), que repassa as informações, que então faz as previsões de suas ações.

 

Com o início do período chuvoso, a Defesa Civil Municipal começou a monitorar as famílias que moram em áreas de risco no perímetro urbano de Porto Velho e nas comunidades ribeirinhas.

 

Durante a época de cheia, as águas começam a entrar nos quintais das casas, localizados nos bairros Cai n’agua, Triângulo, Balsa, São Sebastião, Nacional e Ramal Maravilha.

 

 

Rondoniagora.

 

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios