DestaqueInteriorNotíciasSaúde

Hospitais Regional e de Campanha amanhecem sem médicos em Guajará-Mirim

Uma enfermeira foi chamada para assumir o plantão no lugar do médico no Hospital de Campanha.

O Hospital de Campanha e o Hospital Regional, ambos de Guajará-Mirim, estão sem médicos de plantão na manhã, deste domingo(21). O Hospital de Campanha é voltado para atender aos pacientes com Covid-19 da região.

A denúncia foi feita por pacientes e por funcionários dos dois estabelecimentos de saúde, que procuraram representantes do Sindsaúde e o vereador Rivan Eguez, para mostrarem a situação. O diretor responsável pelos dois hospitais, Winston Ojope Cuellar, foi contatado e disse que não sabia da falta de médicos.

Winston conseguiu uma enfermeira para assumir o plantão no Hospital de Campanha e uma médica para o Hospital Regional. Porém, a médica plantonista do Hospital Regional informou ao vereador que não poderá atender os pacientes do Hospital de Campanha, pois, tem um filho recém-nascido e que evitar a contaminação. Ela contou que só fará o atendimento em casos extremos.

A médica plantonista no Hospital Regional, informou a esse vereador, que NÃO PODERÁ ATENDER os pacientes no Hospital de Campanha/COVID, devido ter um filho recém-nascido e que evitará o máximo contaminar a criança.

Guajará-Mirim registrou no último boletim fornecido pela Secretaria Estadual de Saúde(Sesau), desde início da pandemia do coronavírus, em 2020, o município já registrou 136 mortos. Até sábado (20) foram 32 novos casos da doença confirmados e, felizmente, nenhum óbito.

Rondoniavivo.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios