InteriorNotíciasPolícia

Identificados suspeitos que mataram rapaz de 19 anos a pauladas

Ao assumir autoria dos ataques, os dois teriam dito que só queriam “dar um susto na vítima”

Foram identificados os dois homens que, na semana passada, mataram a pauladas, em Vilhena, o jovem Lucas Luiz Gabriel de Oliveira Lima, de 19 anos. O garoto, que tinha passagens pela polícia, chegou a ser socorrido e transferido para Cacoal, mas não resistiu aos ferimentos, principalmente na região da cabeça.

Uma testemunha chegou a conversar com os homens que agrediam a vítima, e eles disseram, ao justificar a pancadaria: “É ladrão, tem mais é que apanhar mesmo”. Lembre aqui.

O delegado responsável pelo caso não quis comentar o depoimento dos dois acusados, prestado hoje, e durante o qual ambos teriam assumido a autoria da agressão que resultou na morte do rapaz. O titular da Delegacia de Homicídios, Núbio Lopes de Oliveira, esclareceu que a investigação é complexa e que, oportunamente, ele irá dar detalhes do crime.

Outra fonte do site informou que nenhum dos homens que admitiram o ataque a pauladas tem passagem pela polícia, por isso mesmo, eles foram liberados após o interrogatório na Unisp, e vão responder em liberdade pelo homicídio.

O policial ouvido pelo site disse haver indicativos da que a dupla teria alegado que pretendia apenas “dar um susto em Lucas”, que andava cometendo furtos na região onde aconteceu o episódio. Mas eles estariam embriagados e podem ter exagerado na “punição”.

Fonte
Folha do Sul Online