Esportes

Brasil vence Bolívia pela estreia da Copa América, em São Paulo

Após primeira etapa sonolenta, seleção voltou bem para o segundo tempo e aproveitou as chances para garantir triunfo por 3 a 0 no 1º jogo da competição

O Brasil venceu por 3 a 0 a Bolívia no Morumbi, na noite desta sexta-feira (14), e iniciou bem a sua caminhada na Copa América de 2019.

Após um início de pressão brasileira no primeiro tempo, as chances foram ficando mais raras e o nível do jogo abaixou muito, terminando com vaias à equipe de Tite na saída para o intervalo.

Pouco tempo foi necessário para reverter o ânimo da torcida presente do Morumbi. Com menos de dez minutos na etapa complementar, o Brasil já vencia por 2 a 0. Philippe Coutinho aproveitou duas grandes oportunidades e converteu para a seleção.

Com dois minutos na segunda etapa, o árbitro Nestor Pitana foi ao vídeo para checar se a bola havia tocado na mão do defensor boliviano. Confimado o desvio, Coutinho partiu para a cobrança e bateu muito bem, no canto direito do goleiro, sem chances para Lampe, que até acertou o canto.

Menos de cinco minutos depois, Firmino recebeu livre na ponta direita, dentro da área, e cruzou na medida para Coutinho testar para o fundo do gol.

Depois de alcançar a tranquilidade no placar, o time relaxou até demais. Com a vitória garantida o time criava pouco e sofria pouco. Diagnosticando esta situação, o técnico Tite resolveu mexer no time. Gabriel Jesus, Wilian e Everton Cebolinha.

As chances voltaram a aparecer e, aos 39 minutos, o jogador do Grêmio foi conduzindo a bola da lateral da área e disparou um chutaço, na gaveta. Golaço para ampliar e sacramentar o placar.

O Brasil até criou novas chances e levou perigo ao gol boliviano, mas o placar não teve novas alteração.

Com o resultado, o Brasil chega à liderança do grupo A, com 3 pontos, mas ainda aguarda o confronto entre Peru e Venezuela para confirmar o primeiro lugar neste rodada de estreia.

A seleção brasileira volta à campo na próxima terça-feira (18) contra a Venezuela, na Fonte Nova, em Salvador.