BrasilNotíciasTecnologia

Telegram desafia hackers a quebrarem verificação dupla

Empresa faz piada com suposto invasor de grupo do Ministério Público e faz provocação para que sistema de segurança seja testado

O Telegram lançou um desafio, nesta quinta-feira (13), para comprovar que a sua verificação em duas etapas é inviolável. O recurso de segurança é uma senha pessoal que cada usuário cria para proteger a conta além do código enviada por SMS.

Na quarta-feira (12), um suposto hacker teria invadido o grupo no Telegram do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O invasor usou o número do celular do conselheiro Marcelo Weitzel Rabello de Souza para disparar: “hacker aqui”.

A empresa fez piada com a mensagem e postou uma provocação no Twitter:

“Se um “hacker aqui” lhe disser que pode quebrar a Verificação em Duas Etapas do Telegram, peça que ele prove. (O mesmo se aplica a qualquer um que diz ser o Pelé: peça uma prova na hora).”

O tweet direciona para uma conversa que está protegida com a verificação em duas etapas e o desafio é quebrar a barreira de segurança e postar um GIF.

No momento, há apenas um único GIF do The Rock com a seguinte frase: “Eu gostaria de ver você tentar.”

A privacidade e a segurança do aplicativo de troca de mensagens tem sido questionadas após o vazamento, nesta semana, de conversas entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol sobre as investigações da Lava Jato.