DestaquePolícia

PM acusado de matar três em Bar da capital é condenado a 54 anos

PORTO VELHO RO – Em Júri popular, que entrou pela madrugada nessa quarta-feira (29), os jurados da 2ª Vara do Tribunal do Júri consideraram o cabo da PM Josevânio da Silva Oliveira, 39 anos, culpado pelas mortes de três pessoas e tentativa de assassinato contra outras três, e ele foi condenado há 54 anos de prisão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado.

O cabo PM já estava preso desde 10 de janeiro deste ano. Os crimes ocorreram no mesmo mês em um Bar na Rua Vila Mariana, Bairro Marcos Freire, na Capital. Na ocasião, por motivo considerado fútil pela Justiça, Josevânio matou a tiros: Erivelto da Silva, Vadico da Silva e Valdemir de Jesus dos Santos, e também, segundo o processo judicial, tentou matar, também, Agenor da Silva, Cátia Valéria Ana Cavalieri e Leandro de Souza, que só não foram mortos por vontade alheia do acusado, porque foram socorridos por populares.

A sentença de pronúncia foi proferida pelo juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri da comarca de Porto Velho, José Gonçalves da Silva Filho. O julgamento teve início às 8h dessa terça-feira (27) no Fórum Criminal Fouad Darwich Zacharias, localizado na Rua Rogério Weber, 1928 – Praça Marechal Rondon.