Esportes

Gols, finalizações e assistências: as estatísticas de Diego Souza no Brasileirão 2018

Atacante é o novo reforço do Botafogo para a temporada 2019

Terceiro maior artilheiro da história dos pontos corridos e o 14º de todos os tempos no Campeonato Brasileiro – desde 1971 -, com 100 gols marcados na competição, Diego Souza é o novo reforço do Botafogo. O jogador retorna ao Rio de Janeiro, onde já defendeu Fluminense, Flamengo e Vasco, após uma temporada de altos e baixos no São Paulo.

Mesmo recebendo algumas críticas após a queda de rendimento do Tricolor no 2º semestre de 2018, o meia-atacante terminou o Brasileirão como o terceiro maior goleador da disputa, com 12 bolas na rede, ficando atrás apenas de Gabigol, do Santos, com 18, e Ricardo Oliveira, do Atlético Mineiro, com 13. No ano, foram 16 tentos em 51 partidas.

Outro número de destaque do jogador na competição nacional foi o seu aproveitamento nas finalizações. Para marcar 12 vezes, Diego Souza precisou de apenas 47 tentativas, uma média de aproximadamente um gol a cada quatro arremates. Foi a melhor marca entre os principais goleadores da competição. Gabigol, por exemplo, fez um a cada 4,7, e Ricardo Oliveira, um a cada 6,4. No Botafogo, a melhor média foi de Erik, com um tento a cada 4,6 conclusões.

Precisão que a torcida alvinegra espera ver agora com a camisa do Glorioso.

DIEGO SOUZA NO BRASILEIRÃO 2018
– Dados do Footstats

32 jogos
12 gols
3 passes para gol
25 assistências para finalização
​25 finalizações em gol
22 finalizações pra fora
456 passes certos
165 passes errados
​6 dribles certos
4 dribles errados
10 desarmes